Jogue o jogo

Muito tenho falado ao longo dos anos em minhas aulas e palestras sobre 3 letras de suma importância para o desenvolvimento profissional de todos nós, C.H.A., Conhecimento, Habilidade e Atitude.

Hoje eu quero convidar à todos para pensarmos juntos sobre a que considero a mais importante, uma vez que é inclusive a base para as outras duas, a ATITUDE, que é totalmente relacionada a outro ponto importantíssimo, o comprometimento.

É muito fácil falarmos de atitudes positivas e que nos levem ao progresso quando tudo vai bem, estamos empregados, nossos empreendimentos estão em franco crescimento ou os planos que traçamos para nosso desenvolvimento intelecto, profissional ou financeiro estão dando certo.

Mas e quando estamos numa situação adversa? Quando a crise ou outros problemas como saúde, problemas familiares ou financeiros nos atingem? Como nos manter em pé? Como continuarmos a busca do nosso crescimento nestas circunstâncias?

Jogue o jogo! Não desista! Continue em campo!

É difícil, mas faça um pouco mais, trace  um plano e siga-o.

Muita gente nessa hora se coloca ao lado da vida, como se não fizesse mais parte do mundo, se entrega ao desânimo, pensa que não tem mais o direito de sonhar. Param no tempo por se sentir triste demais, decepcionados, ficam presos numa auto piedade que não tem fim.

Onde estas atitudes negativas vão nos levar ? Para solução dos nossos problemas? Para o progresso? Não, vão isso sim nos colocando cada vez mais pra baixo.

Podemos ter até razão para nos sentirmos assim, mas nós não temos o direito de fazermos isso com nós mesmos, muito menos com as pessoas que nos cercam, e que serão as mais atingidas pelas nossas atitudes.

Precisamos assumir um compromisso com nós mesmos, de manter sempre atitudes positivas, de combater os pensamentos derrotistas, de manter longe de nós os sentimentos de inferioridade, e de nos sentir deixado de lado. Devemos evitar nos sentir menosprezado só por que alguém não retornou nosso e-mail ou ligação, seja ele quem for, um chefe, um amigo ou um familiar. Não podemos nos sentir ofendido por tão pouco, esta situação só parece grande por que nós nos sentimos fragilizados, e nós não somos assim, somos fortes e capazes de superar estas dificuldades que são uma situação temporária e logo vai passar, mesmo que demore um pouco mais do que gostaríamos ela é passageira.

Buscar uma nova colocação, alavancar o negócio, recuperar a saúde, tudo depende da nossa atitude, tudo exige trabalho, dedicação e persistência, não podemos desistir.

Para superar esta fase é importante termos uma meta, definirmos uma estratégia, traçarmos um plano e segui-lo, mas sermos flexíveis e ágeis para nos adequarmos as circunstâncias, mas sem nunca perdermos a meta de vista.

Uma vez que nós mesmos e os nossos pensamentos somos os nossos maiores sabotadores precisamos nos superar, e fazer um pouco mais a cada dia:

  • ficar uma hora a mais no trabalho para aprender mais, fazer mais e crescer
  • Mandar 5 CVs por dia e fazer follow up de pelo menos outros 5 já enviados, todos os dias
  • Ser ativo nos seus grupos de interesse nas redes sociais
  • Estudar todos os dias 2 horas seu assunto de interesse e aprender com pessoas de sucesso na sua área

Atitude é ir sempre em frente, mesmo que demore, supere os obstáculos e queira sempre o melhor, por que você merece!

Isso significa jogar o jogo, manter-se em campo sempre, mesmo quando parece que vamos perder se tentarmos um pouco mais isso pode nos levar a vitória!